terça-feira, 19 de maio de 2015

DESRESPEITO À LEI DA FILA FECHA PORTAS DE AGÊNCIA BANCÁRIA

Uma agência do Itaú no Centro de Florianópolis foi fechada na manhã desta quarta-feira (13) por descumprir a Lei das Filas, lei municipal nº 699 de 2002 que determina o tempo de espera para atendimento. Fiscais do Procon foram até o local para a interdição.






Segundo a Secretaria de Defesa do Consumidor, a média de atendimento na agência é de 48 minutos. Consta na lei que todo o cliente deve ser atendido em dias de semana dentro do prazo de 15 minutos e 30 minutos em véspera de feriado.


Agência Itaú do Centro de Florianópolis foi fechada por excesso de filas (Foto: João Salgado/RBS TV)
Agência Itaú do Centro de Florianópolis foi fechada
por excesso de filas (Foto: João Salgado/RBS TV)
A agência, que fica na rua Tenente Silveira, já foi notificada em janeiro e março deste ano pelo descumprimento. No local foram identificadas 36 senhas que seriam atendidas depois do prazo estipulado de atendimento por lei. Com isso, o banco deve uma multa de mais de R$ 200 mil. O G1 tentou contato com a agência, mas até a publicação desta reportagem não obteve resposta.
"Agora a gerência deve se apresentar na Secretaria e mostrar como vai solucionar o problema, como contratar mais caixas para atendimento de acordo com a demanda do local", disse o secretário de Defesa do Consumidor, Tiago Silva.

O prazo para apresentação de soluções na secretaria é de 48 horas. A agência também terá de negociar a dívida por tempo de espera, calculada em R$ 10 mil por cada senha que ultrapasse o tempo estipulado, informou a Secretaria.
Conforme a lei, o local perde automaticamente o alvará de funcionamento caso tenha 5 multas em apenas um dia ou o somatório de 30 em um mês.

Todos os usuários dos serviços bancários podem fazer a denúncia de excesso de tempo de espera à Secretaria. Entretanto, passa a valer a regra a partir do flagrante de 
fiscais do Procon.


Nenhum comentário:

Postar um comentário