sexta-feira, 5 de junho de 2015

JORNAL O CONSUMIDOR NEWS: "CAMPO GRANDE GANHA INSTITUTO PARA ATUAR EM DEFESA DO CONSUMIDOR"



A população de Campo Grande passa a contar com um novo e importante defensor de seus direitos, principalmente quando o assunto é relação de consumo. Trata-se do Instituto de Proteção e Estudo das Relações de Consumo do Brasil (ipec), criado por seu diretor-presidente Alexandre Daniel dos Santos, com o apoio do advogado presidente da Comissão de Defesa do Direito do Consumidor da Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Mato Grosso do Sul (OAB/MS), Leandro Amaral Provenzano.

Alexandre Explicou que a idéia de criar o Instituto surgiu depois de identificar a falta de informação de qualidade na sociedade campograndense, o qual levava o consumidor a demandar judicialmente em razão de fatos fantasiosos, ou seja, pretendia algo que não tinha direitos.

"Isso nos faz acreditar que há uma demanda que precisa ser suprida com divulgação de informação de qualidade. A nossa meta é incentivar e proteger os sujeitos da relação de consumo, mas a atenção é especial ao consumidor porque sua condição não é equilibrada com a do fornecedor", justificou Alexandre Santos.

O diretor-presidente do Ipec explicou que o objetivo do Instituto é proteger, informar e alertar o consumidor dos seus direitos para que ele consiga, com eficácia, exigi-los.

O atendimento ao público será gratuito, porém, o cidadão terá a opção de filiar-se ao Ipec, o que na visão de Alexandre Santos é uma conduta sábia, uma vez que a pessoa terá uma série de benefícios, dentre elas, três consultas mensais gratuitas com o próprio diretor-presidente.

"Teremos eventos com palestrantes, ações culturaais no sentido de informar a sociedade e, quando não conseguirmos gratuidade para participar do evento, conseguiremos meação dos valores aos filiados, além do que, todas as ações civis públicas que formos promover, o filiado que se enquadra na questão será automaticamente beneficiado", garantiu o direitor-presidente do Ipec.

Grande colaborador para a criação do Instituto, Leandro Provenzano explicou que o Ipec fará estudo sobre as relações de consumo, cartilhas informativas e também oferecerá cursos para orientar a população sobre os seus direitos na condição de consumidor.

"O instituto terá autonomia para tratar sobre as práticas abusivas, por exemplo, e outras situações que sabemos que são errada, mas não são ilegais. A atuação do Ipec vai além de entrar com ação para as pessoas, ele entrará em contato com legisladores para propor projetos de lei, poderá ingressar com ação civil pública em defesa da população e terá muito mais liberdade para buscar o direito do consumidor", afirmou o advogado. 

Ainda de acordo com Leandro Provenzano, a finalidade do Instituto é promover o direito do consumidor, educar, ensinar e ser um canal de atendimento de direto, além de esimular as pessoas a buscar os seus direitos.

"Só quando mexe no bolso da empresa é que ela investe em capacitação e qualificação. Então o objetivo é fazer com que as empresas reincidentes paguem cada vez mais por infringir a lei e a expectativa é de mudar o cenário do descumprimento do Código do Conumidor em Campo Grande", destacou o advogado.

SERVIÇO
O posto de atendimento do Ipec está localizado na Rua 13 de maio, 1404, sala 07, bloco A, no centro de Campo Grande. Mais informações sobre o Instituto podem ser obtidas por meio da no Facebook (fb.com/ipecbrasil), pelo telefone (67) 3029-5439 ou ainda pelo Whatsapp (67) 9157-4181. 

FILIE-SE PELA DEFESA DE SEUS DIREITOS!

Nenhum comentário:

Postar um comentário